INSPIRAÇÃO

Beleza negra, brilhos contagiantes

lupita-nyongo

A beleza negra é algo incomparável!

Que bom que vamos abordar este tema hoje. Nos últimos tempos temos ouvido e praticado muito a erradicação total e completa do preconceito. A beleza negra é algo incomparável. A cor da pele traz a alegria e a vibração contagiante. As mulheres Senegalesas são extremamente vaidosas. Aqui no Brasil a beleza negra nos presenteia todos os dias com seus looks impecáveis e estilos irreverentes.

É fácil nos deparar com a famosa beleza negra todos os dias. É um privilégio natural na maioria delas. Ausência total de celulites, destaques em olimpíadas e em corridas de longa distância. A pele negra está naturalmente preparada para reagir as intempéries climáticas e a certas adversidades. Um exemplo é o calor africano no período diurno e o frio noturno.

Hoje em dia há mioto destaque também com relação à beleza negra em grandes desfiles de modas. A associação da cor da pele a alguns estilos de cabelos produzidos em centros de beleza tem nos presenteados com belas negras e negros  diariamente.

sheron-menezes

Ser negro hoje é motivo de orgulho. Mesmo no passado ainda nos tempos das escravidões, era comum ouvir sobre senhores de engenhos e de escravos que se apaixonavam pela negras cativas que por causa de sua beleza e seus encantos, conquistavam os corações de seus senhores.

A negritude da pele garante maior resistência aos raios solares e dificulta a temida doença do câncer de pele. Nos dias atuais, negros se destacam tanto no esporte como na música e também nas telenovelas e filmes.

Negros como Martin Lowrence do filme um tira muito suspeito, Cuba Gooding jr e negras como Dione Warick e Grande Otelo são exemplos de talento no que fizerem em suas artes. Beleza é e sempre foi fundamental. A beleza negra é arte natural. Sem muitas preocupações com cuidados com a pele. Certamente após ler este artigo Você encontrará um belo negrão ou um linda negra. Saudações à beleza negra que nos brinda todos os dias. Colírios para nossos olhos.

kat-graham

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.